Os postos autuados terão que prestar informações ao órgão municipal
Dos 13 postos de combustíveis na cidade de Sousa, Sertão do estado, 02 já foram notificados pelo Procon até esta terça-feira (29), durante a greve dos caminhoneiros no estado.

Um deles está vendendo o litro da gasolina por R$ 4,90 e não informou o reajuste. O outro, é por não emitir notas fiscais aos consumidores.

Segundo o Procon, os consumidores devem exigir nota fiscal que discrimine o valor pago por litro de combustível e a quantidade abastecida. Em casos de abuso no preço em razão da falta de combustíveis será necessário registrar a demanda no órgão.

Os postos autuados terão que informar ao Procon as medidas adotadas por eles.

AS FISCALIZAÇÕES

Segundo o Procon-Sousa, já estão sendo monitorados os valores ofertados nos postos desde o início da semana é exigido as notas fiscais de aquisição junto aos fornecedores para comparação com o preço repassado ao consumidor na compra e venda destes derivados no município, entretanto, a greve poderá causar desabastecimento temporário.

FIQUE DE OLHO CONSUMIDOR!

Se você identificou algum posto cobrando mais caro pelo litro de combustível, é só você tirar uma foto e mandar para o Procon- Sousa.

Fonte: Diário Do Sertão
Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

Postar um comentário