A tabela de frete ainda está sendo discutida na Agência Nacional de Transportes Terrestres
O governo volta a se reunir na tarde desta segunda-feira (11) para fazer um monitoramento do acordo firmado com os caminhoneiros. A tabela de frete ainda está sendo discutida na Agência Nacional de Transportes Terrestres.

A discussão ainda deve demorar, uma vez que a ideia é debater o assunto em audiências públicas com representantes de vários setores da sociedade.

Os caminhoneiros, de um lado, não concordam com a redução de 20% proposta na semana passada. E os produtores, por sua vez, ameaçam recorrer à Justiça.

O discurso oficial é de que a tabela está mantida, continua valendo, mas o Governo admite que ela parece ter sido uma péssima ideia.

O Governo espera novas ações na Justiça comum e no Supremo Tribunal Federal contra o tabelamento dos fretes, enquanto que existe a possibilidade também de o Tribunal de Contas da União questionar a reserva de 30% dos fretes da Conab para os transportadores autônomos.

O TCU avalia que a proposta fere a lei de licitações e também poderá ser questionada judicialmente.

Fonte: Jovem Pan
*Informações da repórter Luciana Verdolin

Postar um comentário