Na próxima segunda-feira (25), Rússia e Uruguai disputam o primeiro lugar do grupo A, em Samara, às 11h
KHALED ELFIQI/EFE
No jogo centésimo jogo de Luis Suárez com a camisa celeste, o Uruguai venceu a Arábia Saudita, na Arena Rostov, por 1 a 0. Agora, os sul-americanos somam seis pontos e estão classificados para a próxima fase da Copa do Mundo. A seleção Celeste disputará o primeiro lugar do Grupo A com a Rússia. Os sauditas estão eliminados e tentam, pelo menos, somar um ponto contra o próximo adversário, o Egito.

Apesar de poucas oportunidades, o primeiro tempo começou bastante equilibrado. Logo no primeiro minuto de jogo, Suárez arricou de fora da área com a perna esquerda e a bola ficou na defesa saudita. Dois minutos mais tarde, foi a vez dos orientais subirem ao ataque. Al-Faraj avançou bem e cruzou na área uruguaia, o zagueiro Diego Godín afastou para longe o perigo.

Aos 12, Cáceres achou Cavani, que não pegou bem na bola e ela foi por cima do gol. Depois de dois minutos, Varela salvou a bola na linha de fundo e tocou para Suárez que vinha de trás. O atacante bateu sem ângulo e abriu o placar. Quando o relógio batia 20 minutos, o Uruguai cobrou escanteio curto e Sánchez chutou em cima de Al-Owais.

Depois de muita insistência, a Celeste finalmente abriu o placar. Aos 20 minutos, Sánchez cobrou escanteio, a bola passou por todo mundo e sobrou para Suárez só empurrar para o fundo das redes. Dois minutos depois, com a Arábia Saudita nervosa após o gol, a zaga saiu mal e Cavani aproveitou para finalizar em cima da zaga saudita.

A primeira chegada dos orientais foi aos 25 mintuos. Hattan arriscou de fora da área e Muslera espalamou. Três minutos mais tarde, empolgado pela última chegada, Hattan recebeu na área e bateu muiito perto da meta uruguaia.

A Celeste voltou melhor no segundo tempo e logo aos cinco minutos teve falta na intermediária para cobrar. Suárez chutou por fora da barreira, a bola quicou no chão e Al-Owais fez boa defesa.

Depois de 11 minutos, o Uruguai voltou a atacar e chegar com perigo. Cavani lançou para Sánchez, o camisa 5 deu um peixinho e a bola passou por cima do gol saudita. Aos 22, Sánchez cruzou para dentro da área e Cáceres cabeceou por cima do gol. Aos 34 minutos, Torreira arriscou de fora da área, Cavani colocou a cabeça na bola e ela quase entrou para dobrar a vantagem uruguaia.

Com 40 minutos jogados, a Celeste teve sua última chance. Cavani puxou contra-ataque, passou pela zaga, invadiu a área e finalizou para a boa defesa de Al-Owais com o pé esquerdo.

Na próxima segunda-feira (25), Rússia e Uruguai disputam o primeiro lugar do grupo A, em Samara, às 11h. Já Egito e Arábia Saudita, ambos eliminados, se enfrentam também na segunda (25), às 11h. em Volgogrado.

Fonte: Jovem Pan

Postar um comentário