Cristiano Ronaldo faz o gol do empate entre Portugal e Espanha (Ueslei Marcelino/Reuters/Direitos reservados)
O segundo dia de Copa do Mundo teve Cristiano Ronaldo como protagonista. O camisa 7 de Portugal fez três gols e garantiu o empate com a Espanha por 3 a 3 em Sochi. Fez gol de pênalti, sofrido por ele, de falta, também sofrida por ele, e gol com a bola rolando.

A Espanha também teve pontos positivos: mostrou domínio em grande parte do jogo e, de quebra, viu Diego Costa, brasileiro naturalizado espanhol, marcar dois gols, assumindo a responsabilidade pelo ataque. Tudo indica que os espanhóis farão bem mais do que fizeram em 2014, no Brasil, quando sequer passaram da primeira fase.

Mais cedo, Irã e Marrocos jogaram pelo grupo B, o mesmo de Portugal e Espanha. Mesmo jogando melhor na maior parte do jogo, os marroquinos não conseguiram marcar. E, para piorar, sofreram um gol contra no último minuto da partida. Os próximos adversários dos marroquinos são exatamente Portugal e Espanha, os favoritos desta chave.

No primeiro jogo do dia, entre as seleções do Uruguai e do Egito, os sul-americanos buscaram o gol durante todo o tempo, mas o ataque, formado por Cavani e Suárez, estava pouco inspirado. Suárez não repetiu as boas atuações que tem no Barcelona e perdeu as poucas oportunidades de gol que teve. Já Cavani acertou um bom chute e cobrou uma falta na trave, mas também ficou abaixo do esperado. Quem salvou o dia foi o zagueiro Giménez que, de cabeça, marcou o gol no fim do segundo tempo. 

Salah, o craque egípcio e maior esperança de gols do time, assistiu à derrota do banco, enquanto se recupera de uma lesão no ombro. Os próximos adversários da seleção egípcia serão a Rússia e a Arábia Saudita.

Fonte: Agência Brasil
Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil

Postar um comentário