Dos 12 deputados federais e três senadores, Bolsonaro contaria atualmente com o apoio de pelo menos oito ou nove deputados federais, e dois senadores
Bolsonaro terá maioria na bancada federal paraibana (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), terá o apoio da maioria da bancada federal paraibana eleita no último dia 7 deste mês. Pelo menos essa é a perspectiva que circula nos bastidores da política tomando por base a configuração da bancada a partir de fevereiro do próximo ano, quando os parlamentares eleitos tomam posse nos respectivos cargos.

Dos 12 deputados federais e três senadores, Bolsonaro contaria atualmente com o apoio de pelo menos oito ou nove deputados federais, e dois senadores. O PSL, partido de Bolsonaro, elegeu o seu primeiro representante na Câmara Federal pela Paraíba, Julian Lemos. Julian atuará como uma espécie de ‘porta-voz’ do futuro presidente junto à bancada.

Na bancada da oposição, já se pronunciaram publicamente os deputados Frei Anastácio (PT), Gervásio Filho (PSB). Outros como Dr. Damião (PDT), que não votou em Bolsonaro, também estaria na bancada oposicionista.

Já no Senado, a perspectiva é que apenas Veneziano Vital do Rêgo (PSB) não integre a bancada aliada do presidente eleito. Os senadores José Maranhão (MDB) e Daniella Ribeiro (PP) devem anunciar o posicionamento a favor de Bolsonaro, apesar de suas legendas terem adotado postura de neutralidade no 2º turno do pleito.

Fonte: Portal Correio
Por Alexandre Freire

Postar um comentário