Candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad
07/10/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino
O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, cobrou de seu adversário, Jair Bolsonaro (PSL), a participação em debates e disse que irá “até uma enfermaria” para debater com ele os problemas do Brasil.

“Nosso receio é que ele busque subterfúgios para não debater. Eu estou disposto a ir até uma enfermaria para debater com ele”, disse o petista em entrevista coletiva, em São Paulo.

Haddad afirmou que em um debate não há como se “acovardar” e que é preciso discutir cara a cara os problemas do Brasil e os programas de governo.

O candidato foi informado ao final da entrevista que uma junta médica não liberou Bolsonaro para atividades de campanha, e repetiu sua disposição.

“Eu vou na enfermaria em que ele estiver. Não tenho problema em tratar nenhum tema, mas vamos tratar como adultos, não fazendo criancice na internet”, disse Haddad. “Faço o que ele quiser para ele fale o que pensa.”

Fonte: Reuters
Reportagem de Lisandra Paraguassu

Postar um comentário