Tárcio Teixeira (PSOL) — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
O candidato do PSOL ao governo da Paraíba, Tárcio Teixeira, ficou em quarto lugar no primeiro turno das eleições e, nesta segunda-feira (8), o diretório estadual do partido emitiu uma nota onde atribuiu a vitória de João Azevêdo (PSB) à uma “decisão popular de optar por varrer da política paraibana os golpistas inimigos do povo” e também reforçou uma postura de oposição às ideias de Jair Bolsonaro, candidato do PSL a presidente.

“Saímos desse processo eleitoral com a certeza de nosso crescimento, não apenas pela quantidade de votos nas candidaturas de Tárcio e Adjany, Nelson Junior, Nivaldo Mangueira e em nossos/as Deputados/as Estaduais e Federais, mas pelo reconhecimento que temos tido nas ruas”, diz. “Somos parte direta da derrota do golpismo na chapa majoritária”, completa a nota do partido.

Tárcio Teixeira obteve 15.522 votos, um total de 0,81%, ficando atrás de José Maranhão (MDB), Lucélio Cartaxo (PV) e João Azevêdo (PSB), que foi eleito governador, no primeiro turno, com 1.119.758 votos, um total de 58,18% dos votos.

Fonte: G1 PB

Postar um comentário