Palmeiras decepcionou contra o lanterna do Brasileirão
(Foto: Reprodução/Palmeiras/ Divulgação)
Quando o Palmeiras entrou em campo neste domingo (18), a torcida gritou “é campeão”. Mas o time não mostrou futebol de campeão e foi surpreendido pelo Paraná, time que é lanterna e já está rebaixado no Campeonato Brasileiro. O Verdão jogou mal e só empatou por 1 a 1 no Estádio do Café, em Londrina.

Apesar da decepção, o Palmeiras manteve a vantagem de 5 pontos para o vice-líder. A única diferença é que o 2º colocado agora é o Flamengo, que bateu o Sport e tem 66 pontos. Em 3º está o Inter, que perdeu para o Botafogo e está com 65.

O Palmeiras começou o jogo com 6 mudanças no time titular. Saíram Luan (suspenso), Gómez, Thiago Santos, Bruno Henrique, Willian e Borja. Entraram Antônio Carlos, Edu Dracena (que virou capitão), Felipe Melo, Moisés, Gustavo Scarpa e Deyverson.

Mas o sistema tático e a estratégia de jogo não mudaram. O Palmeiras teve total controle de jogo desde o início e criou chances de gol no início. A melhor delas foi aos 19min, quando Gustavo Scarpa recebeu passe de Dudu e finalizou livre na área, mas Thiago Rodrigues fez uma defesa fantástica.

Um detalhe curioso foi o vento forte em Londrina, que estava na direção contrária ao ataque do Palmeiras e atrapalhou os jogadores, mudando a direção da bola em alguns lances. Isso deixou o jogo travado, pois o Verdão tinha posse de bola, mas só fazia toques curtos e seguros, sem arriscar nada de diferente. Quando tentava lançamentos e chutões, algo característico do time, tudo dava errado.

E aos 34min, aconteceu a grande surpresa: Juninho arrancou em contra-ataque pela esquerda e tocou para Keslley, que desviou a bola para o gol. Weverton ainda encostou nela, mas não impediu que o placar fosse aberto. E o Paraná não parou de surpreender depois disso, pois ainda assustou novamente aos 41min, quando Wesley Dias avançou pela direita e chutou forte. Dessa vez Weverton espalmou a bola para fora.

O Palmeiras ainda teve chances de gol no 1º tempo. Moisés fez um cabeceio perigoso, mas Igor tirou quase em cima da linha. E no último lance uma cobrança de falta de Gustavo Scarpa passou por todo mundo e quase entrou no gol.

No 2º tempo o Palmeiras jogou com o vento a favor e também com uma mudança: Willian entrou no lugar do apagado Lucas Lima. Mas a primeira chance de gol foi do Paraná. Após Dudu perder a bola na frente, Keslley puxou contra-ataque, fez uma bela jogada e finalizou em cima do goleiro Weverton.

O Palmeiras partiu para o ataque com tudo e conseguiu um pênalti aos 7min, quando o volante Jhony impediu com a mão um gol de Gustavo Scarpa. Ele mesmo cobrou com sucesso e empatou o jogo.

O jogo ficou aberto depois disso. O Palmeiras se empolgou para buscar a vitória e foi mais perigoso. Deyverson e Dudu acertaram chutes perigosos. Mas o Paraná também teve oportunidade em contra-ataques. Alesson quase marcou aos 15min, mas Diogo Barbosa desviou a bola que ia para o gol.

A pressão palmeirense aumentou na parte final do 2º tempo. Aos 35min, Dudu fez um bom cruzamento na área, Willian se esticou, mas desviou a bola para fora. Aos 42min, a chance de Borja foi melhor ainda, pois ele driblou um zagueiro na área e ficou de frente para o gol, mas chutou fraco e em cima do goleiro, que agarrou a bola.

Fonte: Jovem Pan

Postar um comentário