Estabelecimentos localizados em João Pessoa não cumpriram leis de relação com consumidor e em alguns casos aumentaram o valor dos produtos.
'Black Friday' em João Pessoa mobilizou milhares de pessoas — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Dezoito lojas foram multadas em João Pessoa pelo Procon da Paraíba por irregularidades cometidas na sexta-feira (23), data em que o comércio promoveu a Black Friday. O valor das multas aplicadas às 18 lojas com base na lei 10.859/2017 chega a R$ 885.240. O Procon Estadual ainda vai divulgar o balanço das fiscalizações feitas sobre as vendas virtuais. As fiscalizações seguem neste sábado (24).

Késsia Liliana, superintendente do Procon-PB, explicou que parte dos estabelecimentos não informou nas etiquetas quanto custava o produto antes da Black Friday, condição exigida no Código de Defesa do Consumidor. Ainda foram identificados estabelecimentos que não mostraram a lista com a quantidade de cada produto no estoque, enquanto outros foram flagrados elevando os preços dos produtos.

No Mangabeira Shopping, quatro lojas foram autuadas por propaganda enganosa. Os estabelecimentos anunciaram que os preços de todos os produtos teriam descontos, mas de acordo com o Procon-PB alguns produtos foram vendidos com o valor original.

Seis lojas e três supermercados foram autuadas pela prática de ‘parcela mínima’ e por não exibirem o valor do desconto sobre o preço de alguns produtos.

Fonte: G1 PB

Postar um comentário