Diego Souza fez gol de voleio no 1º tempo
MAURíCIO RUMMENS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Diego Souza era dúvida para o jogo do São Paulo neste domingo (18), porque passou a semana se recuperando de dores no joelho. Mas ele conseguiu melhorar e voltou com tudo, pois fez o golaço decisivo na vitória contra o Cruzeiro, por 1 a 0, no Estádio do Morumbi.

Esse resultado mantém o São Paulo  na cola do Grêmio, em busca de vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. Ambos estão com 62 pontos, pois o time gaúcho bateu a Chapecoense por 2 a 0 neste domingo. A diferença é no número de vitórias, pois os gremistas somam 17, enquanto os paulistas têm 16.

O jogo foi muito aberto no começo, com o São Paulo avançado e bons contra-ataques do Cruzeiro. Barcos teve duas chances de marcar para o Cruzeiro, mas desperdiçou. E Fábio teve que fazer difícil defesa em chute de Nenê, do São Paulo.

O gol tricolor saiu quando a partida estava esfriando, aos 30min. Após cobrança de escanteio de Nenê e cabeceio de Arboleda, Diego Souza matou a bola no peito dentro da pequena área e finalizou de voleio para o gol.

O Cruzeiro sentiu o gol e caiu de produção. Nem depois do intervalo o time celeste conseguiu melhorar e ameaçar o São Paulo em algum momento.

O time tricolor passou a ter uma postura mais defensiva e demorou para criar chances novamente. Mas Nenê fez duas finalizações perigosas, aos 34min e aos 37min. Por pouco a bola foi para fora.

O Cruzeiro tentou fazer mudanças táticas e de nomes, mas só levou perigo em alguns cruzamentos e cobranças de falta. Não houve pressão e ficou tranquilo para o São Paulo garantir a vitória em casa.

Fonte: Jovem Pan

Postar um comentário